quarta-feira, 30 de junho de 2010

Beat! Records

Depois de um tempo sem postar volto com uma novidade que na verdade são duas.

Há algum tempo vinha querendo criar um selo de música e recentemente, junto com uma amiga demos início a essa empreitada. O lance ganhou forma concreta e hoje atende pelo nome de Beat! Records. E é através da Beat que pretendemos lançar e ajudar as bandas a produzirem material próprio e fazer esse material circular no mundo real. Assim, apresento duas jovens bandas nordestinas saídas do universo punk e que lançarão ainda em 2010.

A primeira é a Missfight que faz um som que podiamos dizer que converge em um só lugar o punk clássico norte-americano com Bikini Kill e com influências do punk escadinavo mais recente como Gorilla Angreb e Masshysteri. O mais estranho é esse tipo de som e uma banda como essa terem saído do interior do Ceará, mais especificamente de minha cidade natal Limoeiro do Norte. A Missfight prepara um Ep de estréia ainda para esse ano.

A segunda banda que temos o prazer de lançar junto com outros selos amigos é o Faixa Preta. O grupo vem de Mossoró, no Rio Grande do Norte, terra de bandas como Catarro, Lei do Cão, Mahatma Gangue e conta com a participação de um antigo membro do saudoso grupo local Fora do Ar. O som do Faixa Preta é um prato cheio para todos os fãs do hardcore punk americano dos anos 80 como Void, Minor Threat, Circle Jerks, Black Flag e do punk brasileiro como Lixomania e Olho Seco. O som vai na mesma linha de bandas gringas que retomaram essa sonoridade nos anos 2000 como Career Suicide, Double Negative, Reprobates e Chronic Seizure. O Faixa Preta está com material para lançar já esse ano.

Esses são os dois lançamentos previstos da Beat! records para esse ano. Para conhecer o selo e as bandas acessem os links no texto. Até o próximo post! 

4 comentários:

Morrendo lentamente disse...

Parabéns, ficamos no aguardo de mais informações!!!
abrass

Mateus Paul disse...

Sem comentários.
Isto que é fazer a cena acontecer!
Parabéns e boa sorte na empreitada, caro Raphael.
Grande abraço,

Mateus.

Ivo disse...

E o zine? Haha.

DH disse...

Cara, eu sou de Mossoró e não conhecia o Faixa Preta.

Ouviremos.